O Clube da Madeira (Club du Bois) chama a atenção da União Europeia para o potencial de um dos setores mais amigos do ambiente: a Indústria da Madeira.

A Confederação Europeia das Indústrias da Madeira (CEI-Bois), a Organização Europeia da Indústria de Serração (EOS) e a Federação Europeia de Painéis (EPF) organizaram a 8ª edição do Club du Bois, sob a presidência da deputada Maria Noichl, em 8 de janeiro de 2020, nas instalações do Parlamento Europeu em Bruxelas.

O evento reuniu um número importante de eurodeputados, industriais e especialistas da família das indústrias da madeireira  e florestas que tiveram assim a oportunidade de tomar contacto com as prioridades das Indústrias Europeias de Madeira para o período 2019-2024.

A indústria da madeira está no centro da bioeconomia circular, fornecendo um produto sustentável e neutro em carbono para ser usado no setor da construção e como material quotidiano. Ao usar madeira, extraída legalmente de florestas tratadas de forma sustentável, a Europa pode alcançar vários dos objetivos apresentados no recentemente adotado “O Acordo Verde Europeu” e tornar-se o primeiro continente neutro em termos de clima, do mundo, até 2050.

As políticas europeias, como a próxima Estratégia Industrial e o novo Plano de Ação de Economia Circular, devem explorar todo o potencial de um dos setores industriais europeus mais amigos do clima

A reunião terminou com uma sessão de perguntas e respostas e a entrega formal da Presidência do Club du Bois da deputada Maria Noichl à deputada Simona Bonafè.

Para informações adicionais, visite http://www.clubdubois.eu/

ou entre em contato com:

Secretariado CEI-Bois: info@cei-bois.org

        .     .  .