Caros associados da AIMMP

Atentos à evolução dos acontecimentos e ao ritmo de propagação das consequências provocadas pelo Coronavírus (Covid-19), com implicações na sociedade em geral e potencial contágio dos nossos colaboradores, associados e prestadores de serviços consideramos, urgente e necessário, aplicar algumas medidas de contingência assentes no bom senso, na conveniência / necessidade individual, na proteção coletiva e na possibilidade / viabilidade de execução no contexto da nossa organização.

Nestas situações nunca sabemos onde e em que minuto está o risco, mas existem algumas recomendações que do ponto de vista da probabilidade podem minimizar os possíveis riscos associados ao surto. Na sequência das recentes recomendações da Direção Geral de Saúde (DGS) e da Organização Mundial de Saúde (OMS), implementamos um Plano Básico de Contingência com o objetivo de assegurar a continuidade das nossas operações, conforme o seguinte:

  • Suspendemos a realização de viagens nacionais e internacionais;
  • Decidimos proceder ao cancelamento de todos os eventos de larga escala, nomeadamente a participações em feiras, ações de formação e seminários / workshops;
  • Determinamos que as reuniões, internas e externas, sejam virtuais, ou seja, por sistemas de conferência telefónica ou vídeo;
  • Implementamos uma estratégia de trabalho misto para os colaboradores da aimmp, conforme os casos e propostas dos diretores de departamento e decisão da Direção, incluindo o trabalho na aimmp, trabalho remoto com plano e objetivos a cumprir, ou gozo de férias ou gozo de dias de compensação;
  • Apelamos à utilização e reforço dos meios e canais de comunicação à distância.

Vivemos um momento imprevisível e sem precedentes. O nosso objetivo é manter os nossos serviços habituais com elevados padrões de qualidade e eficácia e continuar a apoiar os nossos associados como sempre o temos feito.

Os nossos colaboradores em trabalho remoto saberão enquadrar o seu posicionamento e as tarefas a desenvolver ao menor prejuízo para os associados, responsabilidades e serviços que prestam diariamente, pelo que estarão contactáveis e aptos a responder a todas as solicitações pelos canais telefónicos ou email em conjunto com os colaboradores que se mantêm ao serviço nas instalações da aimmp no Porto, Leiria e Lisboa.

Assim, como medida transitória e a partir de segunda-feira 16/03/2020 até data a indicar pela Direção da aimmp as instalações do Porto, Lisboa e Leiria continuam abertas, mas com um número reduzido de colaboradores, não estando previstas quaisquer reuniões presenciais na próxima semana.

Aproveito para deixar algumas informações de caráter geral relativas ao COVID-19

  1. Como se transmite?

De acordo com a informação atualmente disponível, considera-se que a COVID-19 pode transmitir-se:

  • Por gotículas respiratórias produzidas quando uma pessoa infetada tosse, espirra ou fala as quais podem ser inaladas ou pousar na boca, nariz ou olhos de pessoas que estão próximas
  • Pelo contato direto com secreções infeciosas
  • O contacto das mãos com superfície ou objeto com o coronavírus e, em seguida, o contato com as mucosas oral, nasal ou ocular pode conduzir a transmissão da infeção.

A transmissão ocorre entre pessoas antes mesmo do início da doença.

  1. Quais os principais sintomas?

Os sintomas são semelhantes a uma gripe, como por exemplo:

  • Febre
  • Tosse
  • Dificuldade respiratória
  • Em casos mais graves pode evoluir para pneumonia grave com insuficiência respiratória aguda, falência renal e, até mesmo, levar à morte

MEDIDAS GERAIS DE PREVENÇÃO

Ainda não existe uma vacina contra o Coronavírus.

As medidas gerais de higiene pessoais constituem as atitudes mais importantes para evitar a propagação da doença.

  1. Procedimentos básicos paro higienização das mãos
  • Lavar as mãos com água e sabão durante pelo menos 20 segundos
  • Utilizar um desinfetante para os mãos que tenha pelo menos 70% de álcool, cobrindo todas as superfícies das mãos e esfregando-as até ficarem secas
  • Lavar as mãos e desinfetá-las antes de colocar e após remover a máscara cirúrgica
  1. Procedimentos de etiqueta respiratória
  • Evitar tossir ou espirrar para as mãos
  • Tossir ou espirrar para o antebraço ou manga, com o antebraço fletido ou usar lenço de papel
  • Higienizar as mãos após o contacto com secreções respiratórias
  1. Procedimentos de conduta social
  • Alterar a frequência e/ou a forma de contacto
  • Evitar o aperto de mão
  • Evitar as reuniões presenciais
  • Evitar os postos de trabalho partilhados
  1. Procedimentos relativamente as deslocações
  • Não se deslocar para áreas com infeção ativa — informação que pode ser consultada sempre de forma atualizada no site da European Centre for Disease Prevention and Control.
  • Na presente data, essas áreas são a China; Coreia do Sul; Singapura; lrão; Itália, Espanha
  • Ao regressar de uma área afetada e apresentar queixas respiratórias, antes de se deslocar aos serviços de saúde ou ao seu local de trabalho, deve entrar em contacto com o 808242424 (Linha SNS 24) e seguir as instruções.

DEVEM DESIGNAR UM RESPONSÁVEL NA EMPRESA PARA CONTATO E ARTICULAÇÃO COM AS ENTIDADES OFICIAIS DE SAÚDE, NO CASO DE NECESSIDADE

Desejo que esta crise passe o mais rapidamente possível e que passe ao lado de todos quantos trabalham neste setor.

Com os meus melhores cumprimentos,

O presidente da aimmp

Vítor Poças