Entre os dias 12 e 14 de Abril, o sector funerário reuniu, na Batalha, mais de 60 empresas e 3250 profissionais para três dias de exposição, num ambiente marcado pelo debate e pelo desenvolvimento de negócios.

Com os principais players nacionais e internacionais e a presença dos maiores especialistas do sector, a EXPO FUNERÁRIA abriu portas para uma edição de elevada qualidade e relevância, sustentada pela forte afluência de profissionais dedicados à atividade funerária.

Num ambiente dinâmico e propenso ao desenvolvimento de sinergias comerciais, estiveram em exposição os principais fornecedores do sector funerário e uma grande diversidade de produtos relacionados com a atividade fúnebre, tais como caixões, urnas, urnas ecológicas e certificadas – CNUF, têxteis, acessórios, veículos funerários, fornos crematórios, produtos para a tanatopraxia, equipamentos de refrigeração e autópsias, serviços e tecnologias de apoio à atividade, entre outros.

Esta edição da EXPO FUNERÁRIA destacou-se ainda pela excelência dos seminários promovidos pela Conceito Lutuoso, parceira oficial do certame.

A cremação e o sector funerário português estiveram em foco numa discussão liderada por diversas empresas e associações do sector, incluindo a AIMMP e pelo conceituado consultor internacional, Dario Loinaz. Coube a um dos mais respeitados especialistas do país, o Professor J. Pinto da Costa, encerrar com chave de ouro o programa de seminários, com uma intervenção provocadora que abordou temas sensíveis como a eutanásia e o suicídio assistido.

Neste evento estiveram presentes como expositores empresas associadas da AIMMP, de veículos fúnebres e arte Sacra e urnas funerárias, sobretudo as empresas fabricantes de urnas ecológicas e certificadas – URNA CNUF.

O futuro da EXPO FUNERÁRIA deve ser um evento agregador, capaz de promover a atividade, as empresas e seus profissionais, e sobretudo, apresentar os produtos ecológicos e certificados de Portugal, aliada à participação de expositores estrangeiros.