Duas cadeiras e uma mesa da Wewood partilharam o palco com o ex-presidente dos EUA no evento sobre alterações climáticas. Conheça a empresa familiar de Paredes que mobilou a Web Summit e fugiu à crise com design e fabrico manual.

A presença de Barack Obama em Portugal para participar numa cimeira sobre liderança nas alterações climáticas foi curta, plena de medidas de segurança e envolta em grande secretismo. Sem autorização para fotografar ou filmar a intervenção do ex-presidente dos Estados Unidos, para a posteridade ficou uma única fotografia oficial cedida pela organização, que mostra o cumprimento a Adrian Bridge, director-geral da empresa que promoveu o evento, e… três peças de mobiliário.

As duas cadeiras e a mesa que estiveram na sexta-feira, 6 de Julho, em cima do palco do Coliseu do Porto, onde Obama pediu às empresas para mostrarem custos das alterações climáticas, são da marca Wewood e foram desenhadas e fabricadas por uma empresa de Paredes, concelho vizinho de Paços de Ferreira e competidor na indústria do mobiliário. Os três artigos foram emprestados ao grupo Fladgate – detém as marcas de vinho do Porto Taylor’s, Croft e Fonseca – e já estão de volta à fábrica da Móveis Carlos Alfredo (MCA).

ver mais em: http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/industria/detalhe/fabrica-de-moveis-de-rebordosa-sentou-obama-no-porto?ref=HP_cruzados_blocohorizontal_correiodamanha