Indicadores Económicos – Comércio Internacional – Março 2023

Em março de 2023, as exportações e as importações de bens registaram variações homólogas nominais de +18,7% e +9,3%, respetivamente (+6,9% e +7,1%, pela mesma ordem, em fevereiro de 2023). Note-se que março de 2023 teve mais um dia útil que o mês homólogo de 2022 e mais quatro dias úteis que o mês anterior.

São de salientar os acréscimos nas exportações e importações de Fornecimento industriais (+19,0% e +12,5%, respetivamente) e a diminuição nas importações de Combustíveis e lubrificantes (-12,7%), neste último caso refletindo a diminuição dos preços. Excluindo Combustíveis e lubrificantes, observaram-se aumentos de 20,8% nas exportações e 13,4% nas importações (+9,9% e +14,3%, respetivamente, em fevereiro de 2023).

Os índices de valor unitário (preços) registaram variações de +4,8% nas exportações e -2,2% nas importações (+7,1% e +4,4%, respetivamente em fevereiro de 2023; em março de 2022 as variações tinham sido +16,9% e +21,1%). Excluindo os produtos petrolíferos, registaram-se variações homólogas de +6,4% nas exportações e +0,4% nas importações (+7,4% e +4,6%, respetivamente em fevereiro de 2023; em março de 2022 as variações tinham sido +14,3% e +14,5%).

O défice da balança comercial diminuiu 388 milhões de euros face a março de 2022, atingindo 2 088 milhões de euros. Excluindo Combustíveis e lubrificantes, o défice decresceu 250 milhões, totalizando 1 267 milhões de euros.

No 1º trimestre de 2023, as exportações e as importações aumentaram 13,2% e 9,1%, respetivamente, em relação ao mesmo período de 2022 (+9,7% e +9,2%, pela mesma ordem, no trimestre terminado em fevereiro de 2023).

Consulta relatório completo

Partilhe na sua rede social favorita!

Artigos Relacionados

AIMMP é convidada para o Programa Sociedade Civil, na RTP2

Estivemos na EXPOFLORESTAL, o grande evento da Floresta

DECARBWOOD premiado na categoria "Responsabilidade Social e Ambiental" pelos Prémios Essência do Ambiente