Indicadores Económicos – Comércio Internacional – Março 2024

Em março de 2024, as exportações e as importações de bens registaram variações homólogas nominais de -13,6% e -15,5%, respetivamente (+2,6% e +1,7%, pela mesma ordem, em fevereiro de 2024).
No mês de março de 2024, destacaram-se os decréscimos nas exportações e nas importações de Fornecimentos industriais (-16,9% e -26,9%, respetivamente). De salientar, também, o decréscimo nas exportações de Material de transporte (-16,0%) e nas importações de Combustíveis e lubrificantes (-33,0%).
Excluindo Combustíveis e lubrificantes, em março de 2024, registaram-se decréscimos de 13,6% nas exportações e de 13,1% nas importações (+1,8% e +2,9%, respetivamente, em fevereiro de 2024).
Em março de 2024, os índices de valor unitário (preços) continuaram a registar variações negativas, -2,3% nas exportações e -3,1% nas importações (-3,9% e -6,0%, respetivamente, em fevereiro de 2024; +4,4% e -2,3% em março de 2023). Excluindo os produtos petrolíferos, registaram-se decréscimos de 2,2% nas exportações e de 3,5% nas importações (-2,9% e -5,6%, respetivamente, em fevereiro de 2024; +6,1% e +0,5% em março de 2023).
O défice da balança comercial diminuiu 471 milhões de euros em março de 2024, em termos homólogos, atingindo 1 621 milhões de euros. Excluindo Combustíveis e lubrificantes, o défice totalizou 1 174 milhões de euros, refletindo um decréscimo de 129 milhões de euros.

Consultar relatório completo

Partilhe na sua rede social favorita!

Artigos Relacionados

EPAL, a primeira Palete com QR Code

Apresentação ELITE – o Ecossistema do Grupo Euronext

TimberWorQs – Workshop de Construção em Madeira: Arquitetura, Engenharia e Sustentabilidade.